segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Não cortei só o cabelo

Não cortei só o cabelo, mas também o passado que me assombrava, a tristeza que me acompanhava, o fracasso que eu ostentava e algumas pessoas que me machucaram. Foram tudo para o lixo junto com cada mexa longa e loira. E assim, renasci. E com a nuca batida sim, senhor! 
Todos sabem que quando uma mulher quer se reinventar, o primeiro passo é mudar o cabelo. Scracho já cantou: "E você vai se olhar no espelho quando for chegada a hora. Vai mudar o cabelo, o look inteiro e dizer que agora é vida que segue."  Esta decisão foi a mais significativa e libertadora de toda a minha vida. Foi meu rito de passagem. O primeiro passo pro futuro, para viver como uma mulher que realmente se conhece e quer se amar em primeiro lugar. Antes eu vivia conforme as pessoas queriam, eu ia onde me mandavam ir, meu visual era para agradar os olhos dos outros. Cabelos longos loiros batendo na bunda, quem não gosta? fetiche dos homens, sonho e motivo de inveja de mulheres. Mas quando a gente muda por dentro, reflete por fora. Cortar o cabelo foi ter que lidar com a desaprovação das pessoas principalmente dos homens, teria que lidar com julgamento e opiniões alheias. Foi como uma "peneira social" para separar quem realmente aceitaria a nova pessoa em que estava me tornando. E assim a vida realmente seguiu, porque ela sempre segue. De cabelo curto, coração consertado, e novos sonhos e assim tenho sido feliz. Eu definitivamente não cortei só o cabelo. 

3 comentários:

  1. Respostas
    1. "Não cortei só o cabelo". Taí um texto que me identifiquei demais! Não há nada melhor do que quebrar nossos próprios paradigmas e finalmente aceitarmos quem somos, não dando a mínima para opiniões negativas que algumas pessoas fazem questão de dar. O lance é continuar assim, esbanjando alegria e independência.

      AXÉ!

      V.

      Excluir
  2. Eis que surge o retorno triunfal do "Amplificando" (Sou de casa, então trato assim kkkkk), que esse longo hiato traga renovação das ideias e da motivação, de cara dá pra dizer que, essência à parte, não é a mesma garota por trás das palavras. Que você possa dividir conosco sua maturidade atual adquirida nesse período e que possamos dividir o que está por vir!

    Vida longa à amplificação das conexões neurais!

    ResponderExcluir